THOMAS THWAITES – COMO MONTEI UMA TORRADEIRA DO ZERO

Precisa-se de uma geração inteira para montar uma torradeira. O designer Thomas Thwaites descobriu da maneira mais difícil, ao tentar construir uma do zero.
Uma parábola da nossa sociedade interligada, tanto para designer quanto para consumidores

Thomas teve a idéia para esse projeto, lendo o Guia do Mochileiros das Galáxias onde o protagonista percebe que sozinho, sem o resto da humanidade, ele não seria capaz nem de fazer um sanduíche, muito menos uma torradeira, daí veio a idéia para o Toaster Project.

Clique em View subtitles para colocar a legenda em português 

Sempre acreditamos que nossa sociedade é superior em relação as sociedades passadas, porém umas coisa que normalmente não nos damos conta, é que a maior parte das soluções criadas por nós só se aplica para resolver problemas criados por nós mesmos.
Lembrando daquela velha frase que dizia “O computador veio para resolver problemas que não tínhamos sem ele“, podemos repensar toda essa lógica insana.

É claro que não estou propondo neo-ludismos, inclusive sou um grande entusiasta tecnológico, a questão é que devemos rever as necessidades reais que temos e as necessidades que disseram que nós temos.
Ou vai me dizer que o desespero que bate quando seu celular descarrega é saudável?
Hoje em dia ninguém é capaz de marcar um encontro, sem que fiquem se ligando freneticamente, ninguém confia na capacidade do outro de chegar ao lugar combinado.

Mas é claro que toda essa tecnologia é incrível e fascinante, afinal de contas, o que seria do mundo sem a Internet, os aviões, os celulares, os laboratórios e as torradas?

Sempre acreditamos que nossa sociedade é superior em relação as sociedades passadas, porém umas coisa que normalmente não nos damos conta, é que a maior parte das soluções criadas por nós só se aplica para resolver problemas criados por nós mesmos.
Lembrando daquela velha frase que dizia “O computador veio para resolver problemas que não tínhamos sem ele”, podemos repensar toda essa lógica insana. 

É claro que não estou propondo neo-ludismos, inclusive sou um grande entusiasta tecnológico, a questão é que devemos rever as necessidades reais que temos e as necessidades que disseram que nós temos.Ou vai me dizer que o desespero que bate quando seu celular descarrega é saudável?
Hoje em dia ninguém é capaz de marcar um encontro, sem que fiquem se ligando freneticamente, ninguém confia na capacidade do outro de chegar ao lugar combinado.

Mas é claro que toda essa tecnologia é incrível e fascinante, afinal de contas, o que seria do mundo sem a Internet, os aviões, os celulares, os laboratórios e as torradas?

 

Sempre acreditamos que nossa sociedade é superior em relação as sociedades passadas, porém umas coisa que normalmente não nos damos conta, é que a maior parte das soluções criadas por nós só se aplica para resolver problemas criados por nós mesmos.
Lembrando daquela velha frase que dizia “O computador veio para resolver problemas que não tínhamos sem ele”, podemos repensar toda essa lógica insana. 

É claro que não estou propondo neo-ludismos, inclusive sou um grande entusiasta tecnológico, a questão é que devemos rever as necessidades reais que temos e as necessidades que disseram que nós temos.Ou vai me dizer que o desespero que bate quando seu celular descarrega é saudável?
Hoje em dia ninguém é capaz de marcar um encontro, sem que fiquem se ligando freneticamente, ninguém confia na capacidade do outro de chegar ao lugar combinado.

Mas é claro que toda essa tecnologia é incrível e fascinante, afinal de contas, o que seria do mundo sem a Internet, os aviões, os celulares, os laboratórios e as torradas?

 

Esse post foi publicado em Buzinaço. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para THOMAS THWAITES – COMO MONTEI UMA TORRADEIRA DO ZERO

  1. Israel Leite disse:

    A questão é que as necessidades reais de sobrevivência já foram facilmente supridas e agora estamos inventando moda. Tecnologia só é prioridade quando não temos fome ou sede.
    Simples assim. Ou você deixaria de comer pra ter um celular de ultima geração?
    Na boa, eu nunca que gostaria de viver nos anos 70! rs
    Sem internet, carros com ABS e injeção e aviões de ultima geração? NUNCA!
    Quero nem imaginar o que a tecnologia vai proporcionar para meus netos que eu não posso usufruir hoje.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s