EM DEFESA DA FAMÍLIA RESTART

É difícil defender uma banda com essa pose, mas eu vou tentar

Nos últimos tempos tem havido uma onda de ódio por parte das pessoas com relação a banda Restart e seus respectivos fãs. Ódio justificado ou birra conservadora?

Para começar esse texto, gostaria de deixar claro que não gosto de Restart. Não por nenhum motivo xiita. Não só gosto, acho uma merda.
Inclusive esse deveria ser o argumento de todo mundo que não gosta: “Acho uma merda” e acabou. Mas assim como os fãs desesperados da “Família Restart” tem seus argumentos estúpidos, achando todo tipo de crítica uma “puta falta de sacanagem”, os anti-Restart são tão imbecis quanto.

Vendo as críticas que fazem a banda e seus fãs, percebesse um alto teor de conservadorismos rancoroso, coisa de velho e pior, muitos que criticam, nem são tão velhos assim. Vamos dar uma olhada nos tipos de críticas mais recorrentes.

Isso não é Rock n’ Roll! Essa música é um lixo!
Beleza, até concordo com essa crítica, acho mesmo essa música um lixo.
Mas é exatamente o mesmo tipo de crítica que se fazia ao Punk Rock, no início do movimento.
Diziam que não era Rock, era só um bando de garotos fazendo barulho (lhe soa familiar?), que Rock n’ Roll mesmo era Pink Floyd e seus chatíssimos intermináveis solos de guitarra/bateria/baixo/cahorro e afins.
Antes de que algum punk-de-butique grite: “Mas você quer comparar Restart com Punk Rock?”, respondo.
Que mal tem isso? Punk Rock era visto como lixo musical, tocado e ouvido por adolescentes de cabelos estranhos e roupas escrotas. (Já ouviu alguém fazer essas mesmas críticas a Familía Restart?)

Sex Pistols
Coloridos, cabelos escrotos e roupas ridículas

Olha esse bando de garotas retardadas que ficam gritando para esses manés!
Na moral, desde que o mundo é mundo e a cultura pop é cultura pop, que existem “garotas retardadas que gritam”.
Na época do Beatlemania, era tão absurdo que os shows se tornaram impossíveis de serem feitos, de tanta gritaria mal davam para os músicos se ouvirem. Quem já ouviu uma gravação ao vivo dos Beatles sabe do que estou dizendo, eles já não era grandes músicos, sem conseguir se ouvir então…
Mas na boa, poderia ficar aqui citando inúmeros exemplos da relação fãs histéricas e ídolos, mas seria chover no molhado.
Mas tem um exemplo que não posso deixar escapar.
Já repararam como os fãs de metal, feios, sujos e agressivos se portam iguais mocinhas no cio quando vêem um de seus ídolos?
Na boa, a gritaria e choradeira de um fã de Iron Maiden é exatamente igual ao de uma fã de Restart. Já ví marmanjo barbado chorando ouvindo One em show do Metallica: “Caralho, essa música é muito foda, me emociona pra caralho

Alá, eles tocaram Fear of the dark para mim, Eu te amo Maiden!!!

Olha as roupas rídiculas que esses caras usam!
Sem dúvida nenhuma, as roupas são ridículas. Maneiro mesmo são aquelas calças de skatistas que a galera das rampas usa. Claro, tirando o fato que cabem uns três skatistas magrelos dentro de cada uma delas.
E os cabelos dos Skinheads? Você vê de longe um grupo e pensa: “Maneiro, o clube da quimioterapia saiu para pegar um ar
Isso sem falar em moicanos, calças de couro apertadas, jaqueta com rebites, topete no cabelo, bermuda de veludo da ciclone…
Fala sério, toda roupa de uma “tribo” é ridícula para quem vê de fora, mas não por uma questão antropológica e sim porque são ridículas mesmo.

Mãe, tô saindo com a galera...

Esses malucos dessa banda são um bando de viados!
Ah, vá! Então você quer dizer que seus ídolos são machos para caralho, só exemplo de heterosexualidade plena.
Claro, porque Freddie Mercury debaixo daquele bigode e collant branco era macho até debaixo de outro macho.
Vai falar do Mick Jagger, comedor mor do Rock n’ Roll, mas acho que está esquecendo de quando a mulher do David Bowie pegou o Stone  com seu marido e o Mick falou para ela “Relax baby, it’s only rock and roll, but i like it“.
Claro, no metal não tem afrescalhado, até porque o Rob Halford do Judas Priest quando assumiu sua homosexualidade estava querendo dizer que se para ser homem tem que dar três vezes, podia chamar ele de Super-Homem.
A viadagem come solta no Rock n’ Roll desde sempre. Nas festinha que rolavam na Factory o lema era “Aumenta o volume e encosta cu na parede!”

Chamar de viado não é argumento, hein mocinho...

A conclusão é que essas críticas são mais um ranço reacionário que críticas em si.
Deixem a garotada ouvir Restart em paz, deixa a família Restart seguir em frente, com certeza seus ídolos também foram taxados de merda um dia, já falaram do seu cabelo, das suas roupas e tudo isso…
Nós não gostamos deles, mas a galerinha gosta.
Dorme com esse barulho!

 

Esse post foi publicado em Buzinaço. Bookmark o link permanente.

82 respostas para EM DEFESA DA FAMÍLIA RESTART

  1. Ótimo texto, não sou fã de Restart mas concordo com tudo o que foi dito. Achar uma merda tudo bem, mas ficar patrulhando o gosto dos adolescentes já é demais…

  2. Ana Cranes disse:

    Olha concordo que o pessoal pega pesado demais, mas é justamente por comparações como essa que você fez!

    Eles são apenas uma grande merda. Não tem defesa para a falta de qualidade deles.

  3. Mark disse:

    Comparar punk rock com restart, aí você falou uma GRANDE MERDA.

    o Punk Rock era um grande movimento contra-cultura e tudo mais… EMOS e Coloridos são um movimento de que? de viadinhos dando a bunda e sapatas se pegando??

    Ah vai se fuder, nunca vi tanta merda junto num texto só!

    • Renato disse:

      é td uma grande merda… o Brasil vive hj num abismo cultural sem tamanho… ta td mundo comendo o enlatado, pegando cancer e dando risada… um bando de musicas sem conteúdo, sem poesia, sem talento instrumental e por ai vai… o negócio é cada um ficar na sua e escutar o que der na telha…

    • Buzina disse:

      Vamos começar:
      Punk Rock não era um movimento.
      O Punk se tornou um movimento, Punk Rock é só a música.

      Você perde totalmente a razão quando quer defender o Punk e acusar os Emos de serem “viadinhos e sapatas” (sic).
      Entre os inúmeros discursos Punks, a liberdade e o fim dos preconceitos está entre eles, entenda um pouco do Punk pra querer defender.

      E na boa, o Punk nunca surgiu como movimento, ele se tornou por uma série de fatores.
      Procura ler alguma coisa sobre o assunto e se esclareça um pouco.

    • Mocota Master disse:

      “EMOS e Coloridos são um movimento de que? de viadinhos dando a bunda e sapatas se pegando??”

      Não faltam “viadinhos dando a bunda e sapatas se pegando” na história do “movimento” punk… Apelar para homofobia, preconceito e generalizações é a arma da falta de argumento.

    • Anônimo disse:

      concordo com vc

  4. Ovenation disse:

    Cara o que tu falo é certo.
    mas você esqueceu um pequenino detalhe, LIBERDADE DE EXPRESSÃO
    Eu posso fala que os fãs do restart são tao viado quanto eles, como eles tbm podem falar mal de mim e do que eu gosto, isso é liberdade de expressão, não adianta bate nessa tecla.

  5. Flávio disse:

    Esse mark é um ignorante mesmo, não gosto de restart, e não gosto de punk tbem, mas respeito quem gosta, esse é o tipo de ignorante que acha que só o que ele gosta é que e bom, e não se toca que e tão lixo quanto as coisa que ele odeia.

  6. Doug disse:

    Velho o grande problema com o restart é q eles são uma junção de todas essas
    coisas, fred mercury era homossexual, mas a musica era boa, assim como alguns musicos se vestiam estranho mas são elogiados pelo bom som que produziam, soh que com o restart eh diferente, se vestem de forma ridicula, o som eh ruim, e os caras são afeminados…por isso rola tanta pressão pra cima deles

  7. victoria disse:

    Eu sou fã do restart e acho que cada um tem o direito de achar oque quizer, mais respeitar quem goste! adorei o texto!

  8. Mário disse:

    o maior problema com as (os) fãs de restart, q tbm acabam “quebrando” um pouco esse texto, é que geralmente eles que começam coma falta de respeito, ai vem alguem e joga de volta e fica nesse ciclo sem fim q ta hoje em dia

    eu até respeitaria, falaria “foda-se, vou ouvir Metallica e é isso ae” , mas esses caras (caras é só para eu n falar merda) do restart tem q se chamar de rockeiros, onde aquilo q eles tocam é rock? em q planeta? ai n da né

    • Mob disse:

      Na verdade o desrespeito e intolerância vem tanto dos fãs quanto dos depreciadores. E o Restart conseguiu a fama que tem atualmente por causa do problema das pulseirinhas, que tomou a proporção que tomou por causa da quantidade enorme de pessoas que passaram a odiar o grupo, logo o desrespeito vem de ambos os lados.

  9. @deyselibano disse:

    Olha, eu concordo com o Buzina. Trolar Restart virou tão maria-vai-com-as-outras quando gostar deles.

    Os fãs são crianças. Daqui a pouco eles crescem e vão achar algo melhor pra ouvir. (Eu gostava de Backstreet Boys com 11 anos, oras).

    E outra, gostando ou não, o happy rock veio do emocore que veio do hardcore que é rock. Pode não estar nos padrões rockalísticos da galera roqueira xiita, mas que veio do rock, veio…

    A música é ruim pra caralho, mas os produtores deles fizeram a lição de casa direitinho. Veja o número de fãs, tem tanta banda melhor que não tem um décimo de fãs que eles tem.

    Ps. também acho o som uma bosta.

  10. Kellermann disse:

    O pior é que já vi um auto-intitulado anti-restart ler notícias sobre o restart só para falar mal deles.
    E parabéns pelo texto!

  11. Muito Rock disse:

    Cara eu sou um dos colaboradores do blog que a nossa maior paixão é zuar com os fã e com o próprio Restart.

    Concordo com o seu texto. Mas um dos grandes motivos, é a qualidade musical. A tentativa de invenção de um gênero também é o que não enquadra eles dentro do Rock.

    A postura da banda é deprimente para o cenário musical que eles dizem representar. Por exemplo uma declaração que vi do PeLu em uma entrevista dizia que o movimento Sexo, Drogas e Rock n’ Roll já era e isso não era mais necessário.

    O fato deles não saberem se Manaus tem civilização também demonstra como eles são pobres de conhecimentos.

    Só uma leve comparação de como eles representam uma queda cultural e um total despreparo para fazerem musicas.

    Renato Russo aos seus 18 anos, já tinha composto musicas tais como Faroeste Cabloco, Que país é esse, Veraneio Vascaina, Despertar dos mortos, Fátima, Quimica, Conexão Amazônica entre outras. Ele tinha a mesma idade dos garotos do Restart, era gay assumido, e conseguiu ser mais consistente musicalmente.

    O problema do Restart é simples de se resolver, basta eles dizerem que tocam happy pop. E que o foco deles é pop.

    Não é porque eles tem guitarrista, baixista e baterista é q eles são rockeiros.

  12. Amorestart disse:

    olha só se vcs kiserem ficar falando que restart é uma merda etc… falem vcs acham ki o pe lanza o pelu o koba e o thomas vao se importar vcs ki vamo reclamar na casa do caralho porra

  13. Pingback: Em defesa da família Restart - LinkAtivo! Agregador de Links

  14. joao antonio disse:

    restart, iron maiden e sex pistols… tudo banda eh/foram bandas comerciais, umas com mais qualidade, outras com menos, mas tudo pra vender…

  15. Cassyus disse:

    só faltou mexer na questão da porcentagem, que chega aos quase 100% de ignorantes adeptos ao “colorismo”
    isso e o fato de achar que uma música malfeita e comercial tem a mesma capacidade de emocionar uma pessoa do que outra muito bem composta, com letras e arranjos mais bem compostos.
    se emocionar com uma música boa é normal, até certo ponto, mas chorar em todas as músicas da banda no show, ou fora, é falta de cérebro, rockeiro, colorido, axezeiro, ou etc, não importa.

    e achei meio bobo o comentário embaixo da foto do menino fazendo pose no show, não só é completamente desvinculado (exceto pela vontade do dono do blog), como todo mundo fica eufórico em show, faz besteira, careta, grita, pula, enfim, aproveita, mas fora do show isso já é anormal.

    e convenhamos, você encontra muito mais coloridos na rua fazendo tudo isso, que encontra rockeiros, menti?

    • Buzina disse:

      isso e o fato de achar que uma música malfeita e comercial tem a mesma capacidade de emocionar uma pessoa do que outra muito bem composta, com letras e arranjos mais bem compostos.
      Esse papo de música comercial é maior mimimi, Sex Pistols fazem parte da gênese do Punk Rock e era ULTRA comercial.
      E na boa, arranjos bem compostos?
      Eu ouço Punk Rock, então caguei pra arranjos bem compostos.

      e achei meio bobo o comentário embaixo da foto do menino fazendo pose no show,
      Achei meio bobo seu comentário, mas beleza, respeito, então tranquilo.

      e convenhamos, você encontra muito mais coloridos na rua fazendo tudo isso, que encontra rockeiros, menti?
      Mentiu, mas nem é essa a questão.
      Rockeiro, colorido…
      Se você se define por tão pouco é sinal que é uma pessoa limitada.

      • Cassyus disse:

        eu limitado? kkkkkkkkk
        velho, nem to defendendo o punk rock, nem gosto de punk rock, e acho tão ruim quanto essa merda de restart, mas não da pra comparar o restart com outras bandas de rock ou metal por aí, quer ver? quer comparar restart com blind guardian?

        aliás, nem comentou sobre a falta de nexo do seu comentário com a foto, não justificou o porque achou bobo o meu comentário, e ainda por cima, parece ser uma pessoa que nunca sai de casa, pq ver colorido na rua fazendo tudo quanto é macaquice pra chamar a atenção é bem mais frequente que o que se ve disso dentre outras tribos. Os jornais e a internet falam por si a respeito disso!

        • Buzina disse:

          Eu não disse que você era limitado, disse que se você se define por tão pouco é sinal que é uma pessoa limitada.

          não da pra comparar o restart com outras bandas de rock ou metal por aí, quer ver?
          Mas não estou comparando, quem está fazendo isso é você.

          nem comentou sobre a falta de nexo do seu comentário com a foto
          Porque tem nexo, não preciso justificar.
          Prove o contrário se quiser, é um país livre.

          pq ver colorido na rua fazendo tudo quanto é macaquice pra chamar a atenção é bem mais frequente que o que se ve disso dentre outras tribos.
          Não sei onde você mora, deve ser na Terra dos Ursinhos Carinhosos, pra ficar vendo tanta gente colorida por aí.
          Ou então é patológico, uma coisa tipo “I see colored people

          Mas não havia te chamado de limitado, estou te chamando agora.
          Seu limitado.

        • É ÓBVIO que não dá pra comparar Restart com Blind Guardian, são bandas COMPLETAMENTE diferentes.

          Blind Guardian é uma banda nerd, direcionada a fãs de Senhor dos Anéis e RPGístas. Restart é uma banda de pop rock direcionada a adolescentes.

          Agora, se uma é melhor do que a outra, é questão de gosto. Só não venha me dizer que Blind Guardian é melhor porque tem um instrumental super trabalhado, o guitarrista toca 500 notas por segundo, e blá blá blá…

    • Mob disse:

      Sinceramente, os fãs desses grupos de happy rock, a única reclamação que eu tenho é em relação as roupas, mas não posso obrigá-los a mudar apenas porque não gosto, já em relação aos headbangers, conheço inúmeros que são super bitolados, não querem saber de nada que não seja do seu gênero e chegam até a te olhar de forma não muito agradável se você falar de punk rock ou algo não relacionado ao seu gosto musical.

  16. Anônimo disse:

    Concordo com você mas também acho que o movimento Emo não tem fundamento nenhum, o Punk Rock era criticado quando começou porque não tinha a raiz do Blues das bandas mais antigas, só que era um movimento com ideias e etc. Então, concordo que tenham gays em qualquer tribo e também acho que os adolescentes tendem a gostar daquilo que faz parte da realidade deles. Quando o CPM 22 apareceu por exemplo, também era criticado, e eu por mais que gostasse das bandas antigas, adorava o CPM porque tinha muito a ver com a galera da minha idade daquele tempo (mas CPM e Resart não tem comparação né?). Enfim, também acho que devemos deixar os emos em paz, mas que não é rock’n roll não é!!! rsrsrsrs

  17. Arepo disse:

    que eu queria que alguém me explicasse pq sex pistols, por exemplo, tem mais qualidade do que restart.
    só alguém me mostrar por A + B, eu fico satisfeito.

    (queria não ter que me dar ao trabalho de dizer isso, mas haja vista os ânimos inflamados, é melhor fazer: eu NÃO GOSTO de restart. pra falar a verdade, só fui ouvir por curiosidade depois que vi o marcelo adnet zoando eles. mas presta atenção: eu só disse que não gosto, não disse que é lixo. gostar, a meu ver, passa por uma série de coisas diferentes, mas sobretudo tem bem pouco a ver com “qualidade”.)

    • Cassyus disse:

      sex pistols é um lixo na minha opinião…’-‘
      concordo com a falta de qualidade sonora do punk rock

      • Arepo disse:

        tudo bem, esquece os sex pistols. eu quero que alguém me diga, ou melhor, me *mostre* porque iron maiden tem mais qualidade que restart.

    • Muito Rock disse:

      Sex pistols embora fosse comercial existia uma certa razão para fazerem musicas.

      Restart, não consegue ter inteligência nem para se adquarem ao estilo que eles próprio dizem estar criando. Me diz o que as letras deles tem de feliz? Não vejo isso, vejo uma dor de corno do caramba.

  18. Cassyus disse:

    kkkkkkkk
    era pra ofender?
    sério mesmo que vc acha que um fake random da internet vai conseguir ofender alguém fazendo críticas rasas e depois chamando de “limitado”?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    péssimo troll, nota 3 de 10

    você comparou a atitude de rockeiros que criticam os coloridos e agem igual, além de usar comentarios infames como “viadinho”, bom, primeiramente, sexualidade nunca importou, quando se quer fazer uma crítica sólida, isso nunca é argumento.

    e eu nunca disse que todo lugar que vou vejo coloridos fazendo macaquices, mas sim que vejo isso com mais frequência que vejo rockeiros fazendo isso!
    aliás, você mora aonde? eu moro em goiânia, passa alguns meses aqui e você vai ver que eu não estou nem um pouco errado quanto ao que eu disse!

    • Buzina disse:

      Sim, mas não comparei as bandas, no máximo fiz uma analogias ilustrativas.
      Minha crítica não é aos “rockeiros” e sim as pessoas em geral que fazem esses tipos de críticas.

      Não sei onde viu no texto comentários infames como “viadinho”.
      No momento do texto que falo sobre isso, não estou questionando sexuliadade, nem fazendo juízo de valor.
      Não se trata dessa questão, estou só demonstrando como esse tipo de argumento pra criticar não tem nexo.
      (Sério que estou explicando um texto de tão facil entendimento?)

      Sinceramente não sei porque essa parte do texto te ofendeu
      (Tá essa última frase do comentário foi zoação gratuita)

      • Cassyus disse:

        não acho que você entendeu muito bem o que eu disse, EU CONCORDO com a parte que você diz que os “haters” usam sexualidade como argumento, e que é idiota fazer isso.

        ficou mais fácil em caps lock? =D
        se bem que já entendi o que você quis dizer, existe sim uma parcela de rockeiros idiotas, que odeiam só pra estar no grupinho*afinal, odiar parece ter virado modinha mesmo*, mas seria mais fácil se você explicasse mais ou menos, qual a parcela deles que são assim, na sua opinião.

        porque de coloridos mesmo, só conheço duas pessoas que não são completamente retardadas, e acometidas pelo clássico fanatismo doentio dos coloridos em geral.

  19. Bones disse:

    Cara eu sou um dos colaboradores do blog que a nossa maior paixão é zuar com os fã e com o próprio Restart.

    Concordo com o seu texto. Mas um dos grandes motivos, é a qualidade musical. A tentativa de invenção de um gênero também é o que não enquadra eles dentro do Rock.

    A postura da banda é deprimente para o cenário musical que eles dizem representar. Por exemplo uma declaração que vi do PeLu em uma entrevista dizia que o movimento Sexo, Drogas e Rock n’ Roll já era e isso não era mais necessário.

    O fato deles não saberem se Manaus tem civilização também demonstra como eles são pobres de conhecimentos.

    Só uma leve comparação de como eles representam uma queda cultural e um total despreparo para fazerem musicas.

    Renato Russo aos seus 18 anos, já tinha composto musicas tais como Faroeste Cabloco, Que país é esse, Veraneio Vascaina, Despertar dos mortos, Fátima, Quimica, Conexão Amazônica entre outras. Ele tinha a mesma idade dos garotos do Restart, era gay assumido, e conseguiu ser mais consistente musicalmente.

    O problema do Restart é simples de se resolver, basta eles dizerem que tocam happy pop. E que o foco deles é pop.

    Não é porque eles tem guitarrista, baixista e baterista é q eles são rockeiros.

    [2]

  20. Paulo Vitor disse:

    Cara, não tem como vc comparar restart com as bandas q vc citou acima, são bandas que tinham um visual ridículo? sim, há marmanjos q choram em shows de metal ao verem seus ídolos? sim, mas a grande diferença q torna as bandas q vc citou incomparáveis, é o talento p fazer música, eles realmente são artistas, e mostraram q mesmo com roupinhas ridículas e alguns sendo gays ou não, estão aí até hj! e não estão aí por coincidência ou sorte, mas sim por fazerem música de qualidade! vc citou bandas mundialmente conhecidas, enquanto o restart tem um reconhecimento limitado, no caso do punk rock realmente as pessoas taxaram de lixo, um som escroto, mas q foi essencial para q o punk se tornasse um movimento, ou seja fez diferença na história, é uma maneira de transgressão! se esses coloridos realmente tem talento para que possam ao menos ser comparados, então veremos daki a alguns anos se eles ainda estarão na mídia ou serão o símbolo de uma época. enquanto eles estiverem esquecidos, os outros q vc comparou ainda serão grandes nomes da música e os q estão de pé agora tenho certeza q continuarão se mantendo graças ao talento q têm. (e antes q vc diga: “mas eu não disse q eles tem talento”, sim, eu sei, isso vai para quem acha q eles tem algum talento musical, quando na verdade não passam de uma modinha passageira).
    UP TO THE IRONS!!!!!

  21. Mark viadinho! disse:

    Mark, keah um movimento legal? Tchubirabirom! Hhuahuahuahua RECEITA PRA SEU UM BOM PUNK! Regras: Banho não pod! Sair pegar gatinhas tb ñ pod! Juntar o maior numero de homens e desfilar pra rua? Isso pod! Bebidas legais? Nem pensar é cachaça ou no maximo conhaque! Vc é pedreiro Mark? Acertei neah huahuahua sabia…Punk graduado e xapisco e reboco. Ter um violão tosco cheio de adesivos e é claro simbolo do anarquismo nele. Ñ pod faltar. Punks ñ sonham, ja ouviu um desses caras dizer q sonha em estudar isso ou projetar akilo, não! o mais longe q eles veem é a proxima festa rock desejada. Enfim, reveja seus conceitos, pow tomar banho é bom cara! Valeu!😛

  22. SAMFUCKINGYOURMOTHER disse:

    e aee mano…ta querendo o q?ja viu ALGUM fã de restart fazer um protesto politico??as letras desses merdas tem base para ajudar a melhorar a justiça no mundo?VAI PROCURAR AS LETRAS DOS SEX PISTOLS E RAMONES SEU IDIOTA ELAS PROTESTAM E QUESTIONAM OS NOSSOS COSTUMES E TENTAM MELHORAR O MUNDO restart só fala de porcarias,então vai se ferrar animal

    • Arepo disse:

      eu tava falando de qualidade musical. acho que dizer simplesmente que “a grande diferença q torna as bandas é o talento p fazer música” é o mesmo que dizer que as coisas caem por causa da gravidade. não explica nada. vc só deu um nome, mas não explicou. me mostra o talento. me mostra numa música de qqer banda dessas aí, ramones tá bom já é basta mas pode pegar iron maiden mesmo. me mostra o que ela tem de melhor que uma musica do restart. me diz onde tá.

      e essa conversa de que eles são famosos até hoje e isso prova o talento, isso é conversa furada. tem uma porrada de bandas boas que ficaram esquecidas e tem mt artista aí que não tem talento e que é lembrado até hoje.

      e sobre o iron, me diz kd a crítica social e o protesto em bring your daughter to the slaughter, em fear of the dark, em number of the beast. kd o protesto seasons in the abyss do slayer? kd o protesto aqui nessa aqui embaixo?

      Well the kids are all hopped up and ready to go
      They’re ready to go now
      They’ve got their surfboards
      And they’re going to the discotheque a go go
      But she just couldn’t stay
      She had to break away
      Well New York City really has it all
      Oh yeah, oh yeah

      Sheena is a punk rocker etc.

      • Paulo Vitor disse:

        Quer dizer então q abanda soh tem talento qnd faz protesto em suas letras?
        eh isso q define o talento musical de uma banda? críticas sociais?
        a letra de uma música acaba sendo o de menos quando se sabe tocar, se os caras mandam bem nos instrumentos e tiram proveito disso, dão o melhor de si em suas músicas é pq os caras tem talento sim, um exemplo é se vc pegar as letras do red hot chili peppers, muita gente curte pq os caras realmente tem uma melodia legal, tem a manha p fazer música, mas se traduzir as letras vc verá o tanto de merda q os caras falam, mas ainda assim tem ótimas músicas, q te fazem gostar mesmo q vc não entenda absolutamente nada do q eles falam.
        mas não adianta cantar ou tocar bem e não tirar proveito disso, não dar o máximo. Não ter técnica até mesmo na hora de gravar o cd faz com q o som perca a qualidade. mas acho q o restart soh terá meu reconhecimento se um dia eles fizerem uma letra de protesto, já q eh isso q mostra q uma banda é boa….
        UP TO THE IRONS!

    • Buzina disse:

      SAMFUCKINGYOURMOTHER
      Em alguns comentários eu já citei que curto Punk Rock.
      Acho que deveria se informar mais antes de sair falando, leia um pouco sobre o assunto.

      Sex Pistols, por exemplo, era uma banda com dono.
      Já ouviu falar de Malcolm Mclaren?
      Ele foi o cara que inventou o Sex Pistols e ele era um empresário, não tava lá muito preocupado em “derrubar o sistema”.

      Mas enfim, isso não faz a menor diferença pra mim, continuo curtindo Sex Pistols da mesma forma.
      Acho sim eles revolucionários, mas é uma revolução estética e cultural, não uma revolução política, pode ter certeza.

      Sem querer meter bronca, te indico o livro “Mate-me por favor”, que além de ser muito foda pra entender a cena punk, ainda é um puta livro divertido de se ler.

  23. Jonas disse:

    Descordo em partes, algumas até reconheço, mas é tua opnião, fez certo e expor ela.
    Gostei do texto, parabéns ^^

  24. Diego Godoi Costa disse:

    Palhaçada comparar uma merda como Restart com verdadeiros movimentos culturais e ideológicos,como era o movimento punk.
    E por fotos de grandes bandas como Sex Pistols,Twited Sister e Iron Maiden é uma heresia cultural.Essas são bandas aclamadas até hoje não se compara
    a essa merda colorida.

  25. fellipe disse:

    nÓ… meu amigo, voçê tem certeza que não é fã do restart, desculpe-me, mais esta estrannho isso, ou voçê é um babaca?!
    Similando umas “parada nada haver” ta forçando a barra…

    Quer dizer então que um dia restart vai fazer revolução?? Porque foi isso que voçê disse. revolução cultural, ai MEL DELS 100 noção….
    pense comigo, se merda é merda… por quê tentar defender?

    muito estranho surgir uma dessas agora! ta querendo entrar na frente das ovadas agora? Vai estudar amigo, se dedique aos estudos, pra ser alguem na vida, restart vai te dar nada não, ou voçê esta ganhando alguma coisa pra fazer essa palhaçada?

    • Buzina disse:

      Felipe, vou tentar te responder, mas foi difícil…
      Para começar, não estou “similando” nada, no máximo estou “analogando” situações.

      Quer dizer então que um dia restart vai fazer revolução?? Porque foi isso que voçê disse. revolução cultural, ai MEL DELS 100 noção….
      É… Não, não foi isso que eu disse.
      Enfim, se você lê tão mal quanto escreve, então não é supresa que não consiga interpretar um texto e não tenha entendido.

      Vai estudar amigo, se dedique aos estudos, pra ser alguem na vida,
      Sério, eu juro que tentei não rir da ironia de você falando essa frase.

  26. Skander disse:

    Cara curti muito seu texto, sem zueira.
    A única coisa que eu não gostei foi comparar coloridos com punks, e não vou começar com aquela velha ladainha que punk é movimento ou coisa do tipo, mas vc tem que sacar que começamos a mandar três acordes justamente pq o pop (e mesmo o rock) da época eram chatos, e se tornou movimento devido a milhares de jovens desempregados em toda a europa.
    E quero fazer uma crítica aos “roqueiros de verdade”, parem de encher os videos de bandas do youtube com comentários do tipo “é 1000 melhor que justin bieber” ou coisas do tipo, parem de criticar, aprendam a tocar, e colem nos shows das bandas boas. O rock anda capenga num eh por causa de adolescentes coloridos, e sim por “velhos de 20 e poucos anos” que ao invés de curtir o rock’n roll prefere criticar os gêneros periféricos.
    E parem de ameaçar de morte criancinhas impressionadas pela mídia, violência gera mártires, e correm o risco dessa porra num ser passageira.

    Bom cara, é isso, nem revisei a ortografia e talz, mais uma vez dou parabéns pelo texto, vou dar uma olhada nos outros ^^

    • Buzina disse:

      Valeu…
      É isso aí, também acho que o Rock está na merda muito mais por culpa da galera que está deixando morrer, do que da galera que ouve outras coisas.

  27. Loli disse:

    Muito bom texto…

  28. Mário disse:

    concordo em partes com o cassyus, e buzina, me faça um favor, me explique cade os nexos nos seus comentarios dirigidos ao cassyus pq eu n vi nexo algum

    • Buzina disse:

      Vamos lá, estou até com preguiça pra responder essa, vou colocar a mesma resposta de antes:
      Porque tem nexo, não preciso justificar.
      Prove o contrário se quiser, é um país livre.

  29. YSLUANE ESTEVEN ' disse:

    só fazem sucesso por que começaram a usar calças coloridas, cabelos estranhos e por serem ” fofinhos ” (segundo as fãs) . isso não é ter talento , afinal porque eles não CANTAM ! e não vem falar que se eles estão na midia é pqe tem talento … geise arruda , qe talento tem ?😀 , mais teve um tempinho ai qe só dava ela na tv ( e nem era na época da parada na facu ) ‘
    pra estar na midia, é facil . mais ter talento é outros 500 né irmão ?
    não confundam as coisas … e podem até ver, qe a ordem de “famosidade ” dos integrantes é mais pela beleza (qe nã tem) , porque akele gordin é tão esqueçido em ? pqe é mais fein ? (huum) , mais ele faz tanto parte da banda como o pelanca ‘

    e até eu no chuveiro consigo imitar certinho a voz desses caras, #pelamordedeus ¬¬
    só fazem sucesso pqe fez vir a tona o desejo de muitos retardados em serem livrezinhos e usarem coisinhas coloridas e novas .
    nunca liguei pra esse lixo de restart, mais axo o caralhoa4 , eles ficarem falando q RESTART é ROCK . :@:@:@
    tnc né ‘ . nao é pqe tocam bateria, guitarra q são rockeiros …
    nem vem com essa nao !

    se eles qerem respeito à “música” deles, antes respeitassem o ROCK .
    porque restart N-A-O é rock, e se pelo menos eles parassem de fazer essas insinuações ridiculas, talvez seriam menos trolados !

    a , fodas* . ainda tenho esperança qe restart vai ter um fã, igual akele qe matou john lennon :D:D ‘

  30. Marisol disse:

    Adorei o texto. Mas o que eu realmente acho mais engraçado das pessoas que falam mal de qualquer banda e não costumam respeitar os gostos alheios é que falar mal, sem dar nenhum motivo plausivel, ou uma crítica construtiva não gera lucros.. Por tanto, não sejam burros, falar que Restart, Cine e afins são merdinhas, gayzinhos e coloridinhos de merda não te dão dinheiro.. Ou seja, respeitem os gostos dos outros, pois aposto que quem fala mal, já gostou de algo beeem tenebroso na infância… Como muitos disseram, as fãs de Restart são crianças que logo logo vão crescer.
    Agora, sabe quem ganha dinheiro com Restart? O próprio Restart, que tendo música boa ou não, vestindo-se bem ou não, ganha MUUITO dinheiro, vende MUUUITO CD, viaja MUUUITO, pega MUUUITA mulher (sim, as pessoas podem achar que não, mas tenho minhas fontes rs, e eles pegam muita menininha, alias, não só eles, como os produtores, assessores e afins que trabalham para eles). E vocês que adoram falar mal? Pegam muita mulher? Ganham MUITO dinheiro, ou melhor, trabalham no que vocês gostam?

    Ps: Minha sobrinha de 5 anos ouve Restart, Justin Bieber e afins, rs, como pessoa, não sou fã deles não, mas como tia, tenho que participar!!
    Parabéns ao blog, muito bons os posts!!!

  31. Mário disse:

    não, não tem nexo, pelo menos nenhum q uma pessoa normal consiga descobrir,

  32. cadu disse:

    alguma dúvida?

  33. Lucas. disse:

    tem uma música que define bem a “familia restart” Ultraje a rigor – Rebelde sem causa.

  34. LuizCarlos disse:

    Cara minha preocupação eh com relação a formação de opinião dessa galerinha mais nova q vem chegando na adolescencia e juventude…

    a música em si, tem forte participação na formação de opinião, de movimentos, ídolos da música ja “fizeram” a cabeça da juventude de outras épocas, movimentos culturais, ondas de mudanças de culturas…

    ñ me restrinjo apenas ao restart, mas cito tbm o FUNK carioca (eu sou carioca e odeio funk e afins), o axé com seus parangolés da vida e inventam q repetir uma palavra ou uma frase o de modo ritmado por determinado tempo é música(cito rebolation e num sei o q lá birou), fora outros movimentos barulhentos…

    e a minha pergunta eh a seguinte:

    um fã dessas “bandas”, que cresce ouvindo e admirando e tendo como modelos esses caras… qual formação cultural essas pessoas vão ter no futuro??? será q vão ter alguma opinião política, alguma formação e informação sobre os rumos do nosso país??

    ñ se trata apenas de uma rixa de rockeiros e happy rockeiros, isso eh so a ponta do iceberg…

    ñ paro de ver jovens funkeiros q axam q o mundo eh “pica”(puta que me pariu, vcs não imaginam o odio q me da ouvir alguem falando isso), ou dois marmanjos se chamando de “miguxos”, ou ainda o pessoal vibrando enquanto rebolation toca no rádio…

    o que falta nesse País é: Educação e muita, mas muita CULTURA!!!!

    • Buzina disse:

      Qual a formação cultural que essas pessoas terão no futuro?
      A mesma formação que a galera que cresceu ouvindo Legião Urbana teve, por exemplo.

      Na boa, seu preconceito quanto ao funk é apenas isso, preconceito.

      • Arepo disse:

        concordo com o buzina.

        na boa, vai dizer que o sujeito que cresceu ouvindo “run/live to fly/fly to live/do or die” etc. aprendeu o que sabe de bom da vida ouvindo powerslave?!

    • Pelamor, deixa de ser tão radical, isso é só música.

      • Buzina disse:

        Concordo com você, o pessoal é muito radical.
        Por isso que disse que a formação da galera que ouve Restart/Funk/Axé, vai ser a mesma de quem ouviu Legião Urbana ou música clássica.

  35. Taiane santos disse:

    Acho que a banda restart fez mal em falar mal de manaus, mais eu nao concordo com fato de todos quereren umilhar e pedrejar eles como si fossi um ladrao ou etc… Sei que muitos vao me chingar pelo fato de estar defendendo a banda,mais eles sao humanos poxa ! Tambem comenten erros assim como nos,agora so pelo fato deles serem famosos nao quer dizer que sao de ferro.no inicio quando postarao que thomas falava mal de manaus ,eu tambem fiquei com odio mais… Como ele resovel pedir desculpa ,é porque ele nao é nem uma pessoa arroganti. Agora podemos pelo menos dar uma xanci para thomas si redimir? Ou vamos continuar com fama de vandalos que nao perduar alguem?

    • Thiago Resevil disse:

      A banda não falou mal, foi uma falha de interpretação gente ! O menino apenas disse que não sabe como é o povo de lá e que não sabe se tem civilização. bem ele foi ignorante( falho de conhecimento) em se perguntar se não tinha civilização mas creio que foi por puro desconhecimento. Analisem de novo o vídeo ! =)

  36. Thiago Resevil disse:

    Gente tipo assim: O ser humano é um conjunto de coisas complexas, somos formados por ideias, e essas ideias podem ser aplicadas a cada pessoa dependendo da familiaridade que ela tem, em resumo cada um tem seu gosto, credo , personalidade e o que semelhante e conveniente forma o que chamamos de grupos, que é muito comum na adolescência. Há uma frase que eu vi em algum lugar q diz : “só enxergamos o velhos quando vemos o novo”, então acho que compreendi de alguma forma o q o blogueiro aí disse. Não quero colocar em questão aqui o que é feio, merda , trágico cultural etc .. , eu tbm não gosto desse negócio de punk , Emo , coloridos e afins , por que eu sou eu mesmo , tenho minhas escolhas e personalidade, num fico atrás de me representar para o mundo através de banda, credo, dinheiro, etc o que me representa é meu caráter, minha coragem e originalidade do ser. Valeu aí, para e-mail : thiagoresevil2@hotmail.com

  37. Manozord disse:

    Cara, punk rock começou como um movimento sim. Você que não sabe do que está falando. Londres nos anos 70 virou uma cidade contra sociedade. Os jovens eram revoltados com tudo que lhes eram imposto. Não venha pra cá falar merda e dizer que o punk não era um movimento. Aliás, o punk tentou passar algo. Insultaram a rainha da Inglaterra e criticaram a elite. Restart nem de longe faz isso. Restart não faz nada. Restart só tá aí pra encantar as meninas. Os integrantes do restart só querem IBOPE, grana e as adolescentes.

  38. Anônimo disse:

    Punk rock é só um estilo musical, o Punk se tornou um movimento cultural🙂

  39. Stéfani disse:

    O texto mostra em si que algumas criticas que a banda leva são totalmente absurdas, pois os Anti-Restart gostam de usar argumentos contra a banda o fato das roupas e eles serem vaiodos, já tanchando eles de gays. E que julgar eles por isso é ridículo, Restart tem tanta atenção pela as roupas como as bandas de Rock dos anos 80. Usar o argumento por que eles são gays também não levam a nada, muitos artistas são gays e não muda o talento gigante que cada um deles tem.

  40. Rafael. disse:

    De boa, cada um ouve e faz o som que bem entender, só acho ridículo quando eles se auto-intitulam músicos que tocam ‘rock’, onde aquilo é rock? nem fudendo.

  41. Anônimo disse:

    Concordo com o que foi dito .
    mas ainda vou continuar odiando esses filhos da puta
    cara , eles são uma merda u.u”

  42. Coot disse:

    deixem as crianças se ferrarem, dps non diga q non avisamos UASHUAHSUAHSUA’

  43. Bad disse:

    eu adimiro demais os comentarios de todos
    vc sabe vejo que alguns se contradizem mas a mairo questão
    que e está em jogo e a mensagem que os membrons da banda querem
    passar segundo o ”o pedro lucas” “Eu acho esse conceito de ‘doideira’, sexo, drogas e rock’n’roll meio ultrapassado, uma coisa que parou ali nos anos 80”, confessa Pe Lu. “Ele não se encaixa hoje em dia. Antigamente, ele tinha uma razão de ser, era uma maneira de se posicionar contra a sociedade quadrada da época, era uma maneira de forçar mudança. Hoje em dia, é o contrário. Tem tanto sexo e droga que até cansa. Ficou escrachado. Hoje todo mundo já fumou maconha com 14 anos, todo mundo já transou.”
    ainda completa ele.
    “Hoje em dia eu acho que o amor, a postura tranquila, essas coisas é que conseguirão mudar o mundo. Você pode passar tempo com seus pais e não precisa cair de bêbado para ser rock’n’roll”, conclui Pe Lu.
    sobre o propio publico ele fala
    As atividades da vida “normal” ficaram mais complicadas. Tipo ir no shopping. “Tem assédio o tempo todo. A gente mexe muito com criança, então tem muita tia, mãe, que vem pedir foto pra dar pras crianças.”
    que as cores tem um siguinificados nas culturas do rock roll sabe
    o preto siguinica ira e inconformação uma forma de protesto
    mas Para o “Restart” e dizer que vai espalhar o amor e a felicidade
    o que interesante sabe o que precissam fala e a verdade e mostra o que realmente
    a vida é sabe que façam o que quiser por mim sei que enfrente tudo vai mudar
    com eles tocando ou não

  44. Anônimo disse:

    Texto feito por um funkeiro.
    Comparar Punk com Restart? Ta loko, o Punk tinha uma IDEOLOGIA, um ponto de vista.
    Esses coloridos têm alguma ideologia? NENHUMA.
    Homossexuais no Rock, isso é normal, me diz um grupo social que nao exista um gay nele (tire os grupos preconceituosos como skinheads)
    Cara voce devia estudar mais para nao dizer tanta merda.

  45. ana carolina disse:

    olha só,retart e tudo,e ninguém precisa de sugestão de crianças.

  46. clara disse:

    isso mermo ana u.u
    ninguém precisa da sugestão de crianças idiotas -‘-

  47. Ramon disse:

    voce vai kerer comparar punk rock com restart ????
    onde é q já se viu isso mano
    ainda ´por cima quis falar mal de bandas de rock so pq se vistem coloridos ou vestidos de mulher mas ai tem uma diferençazinha ae a diferençazinha q o som era bom e era rock and roll e não merda freddie mercury era homossexual mas ele era um gênio da música rob halford era gay mas a música era boa.E na boa,restart e musica ruim já se forem gays ainda né

  48. arepo disse:

    ramon, meu caro, o pessoal que gosta de restart acha restart tão bom quanto você acha o seu rock ‘n’ roll. vc pode me dizer que eles são idiotas, mas aí eu queria entender como vc sabe que eles são idiotas e que vc que tá certo…

  49. Rafael disse:

    Minha nossa…!
    Não sei que diabos me fez ler todos esse comentários mas de uma coisa eu tenho certeza uma pessoa que escuta Legião Urbana provavelmente adquire um base cultural muito maior de quem escuta funk, axé e essa modinhas como Restart.
    Uma grande diferença entre Legião e Restart:
    Legião tem letras fortes que nos fazem questionar sobre diversos assuntos, as letras que Renato Russo escreveu sempre criticavam, defendiam, questionava algo. Renato escrevia letras com a “Alma”.
    Restart tem letras sem sentido que são feitas somente por interesse em lucrar. A banda Restart (se é que isso pode ser chamado de banda) escreve por puro interesse.

  50. Xiko Medeiros disse:

    o problema é o seguinte, as criticas nao tem nada haver com o som do restart, o problema é q kerem comparar restar com pistols, ramones. Nunk serão, restart nao é punk, restart é POP ROCK. A midia coloca na cabeça das pessoas que isso é punk pois na minha epoca punk éra sinonimo de ANARQUIA, hoje é sinonimo de loja de grife. Li ate em um blog comentario de uma pessoa que comparou ao ramones, Joey e Johnny devem ter se revidado no caixao, pois tudo que levaram anos para construir é destruido com um simples comentario. Punk nao é simplesmente o som, tem haver com atitude, voces ja viram algum ramones ignorar algum fÃ? Nao né, e a resposta é obvia, eles se consideravam pessoas normais. Bom cada um com sua opiniao, só digo quem nao viveu a epoca do PUNK nao pode dizer o que é punk, nao tem o direito de dizer o que é punk.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s