MARIA BETHÂNIA A VLOGUEIRA MAIS CARA DA HISTÓRIA

Um dia eu acordo e só se fala de Maria Bethânia e o tal blog dela. Todo mundo dizendo um monte de coisas, críticas interessantes, comentários estúpidos e por aí vai.
Todo mundo tem uma opinião sobre isso, então não poderia deixar de ter a minha também.

Maria Bethânia

Maria Bethânia - a IT Girl do momento

Primeiro gostaria de deixar claro que acho um absurdo o Ministério da Cultura, ter aprovado a captação de recursos de R$ 1,35 milhão pela Lei Rouanet para a execução desse projeto mal fadado.
Mas calma aí, vamos entender as coisas.

Primeiro é que esse dinheiro ainda não existe, o que foi aprovado foi a possibilidade dela captar esse dinheiro através da renúncia fiscal de algumas empresas. Do jeito que andaram falando, parecia que ela havia tirado o dinheiro do orçamento para leite das crianças da Creche Santa Efigênia para fazer esse blog de poesia, Evil Bethânia…
Mas é claro que isso não justifica e mesmo o dinheiro ainda não existindo ele deixa de entrar nos cofres públicos ou financiar outros projetos, mas vamos nos revoltar com a coisa certa.

Quem não pagaria R$ 50.000 pra ver esse rostinho todo dia declamando poesia?

Primeiramente, não acho absurdo algum um blog valer um milhão ou um bilhão que seja. Acho um absurdo é esse projeto valer um milhão, acho um absurdo uma das justificativas dele ser tão caro é que o salário da Diretora Artística ser de cinquenta mil reais por mês e a Diretora Artística é ela mesmo Maria Blogthânia.
Não que esteja questionando se ela merece ou não ganhar isso por mês, o que estou questionando é porque ela merece ser contemplada com essa aprovação do MinC para fazer um Vlog de poesia, quando eu tenho certeza que nenhum dos nossos vlogueiros nem mesmo passaria com um projeto pra ganhar 1000 reais por mês.
Não que eu ache que nossos vlogueiros mereçam captar recursos da Lei Rouanet pra manter suas atividades… Talvez o Caue Moura, ele é foda.

Mas o que diz nossa blogsfera?
Nada, pelo menos nada de relevante que mereça uma linha de consideração. É claro que o assunto repercutiu intensamente pela blogsfera brasileira, mas o que nossos grandes blogueiros diziam era um monte de besteiras sobre o assunto, todo mundo parecia mais incomodado com o fato de ser um blog, do que com o projeto em si.
Ao que parece, despertou alguns ciúmes em nossos blogueiros que talvez julguem que eles mereceriam ganhar um milhão pra ficar repostanto vídeo do Zangief Kid ou remix do Sou Foda.
Inclusive a coisa toda só tomou essa proporção pela utilização da ferramenta blog no projeto, porque se o projeto fosse para captar recursos da Lei Rouanet e produzir DVDs que saíssem junto com a Revista Caras, ninguém ia se incomodar, alguns iam até bater palmas.

Pra terminar esse assunto, gostaria de dizer que até concordo com a justificativa do projeto que dará nome ao site, que “O mundo precisa de poesia”, mas nem tanto assim…

Esse post foi publicado em Buzinaço. Bookmark o link permanente.

4 respostas para MARIA BETHÂNIA A VLOGUEIRA MAIS CARA DA HISTÓRIA

  1. Bruno Mattos disse:

    Concordo em parte Buzina. Só duas questões: 1) o dinheiro captado deixará de ser leite das crianças da creche Santa Efigênia, na forma de renúncia fiscal, isso é, o dinheiro que o Gov. deixa de arrecadar em impostos e atender à população para que a empresa escolha livremente em que ela vai investir, podendo ser em projetos, como esse, que não contribuam em nada para o combate à desigualdade, para o desenvolvimento da nação, a não ser para o próprio bolso dos realizadores e das patrocinadoras que captarão muito mais que a grana patrocinada na forma de marketing cultural. 2) sendo um Global ou um Pop star da mídia e nesse projeto são 4 pelo menos (Hermano Viana, Lula Buarque, Andrucha e a própria Bethânia) basta soltar um sinal de fumaça e a grana já estará na conta vindo de empresas… Se o projeto fosse meu ou seu, aí sim, não conseguiríamos captar os recursos.

    70% desse valor (salvo engano, tem muito tempo q não acompanho a legislação) deixará de ser recolhido em impostos, que podem ser roubados, o mais provável, ou aplicados diretamente pelo Estado para o bem coletivo, talvez fomentando a digitalização do acervo e da produção de todos os pontos de cultura do Brasil com essa grana.

  2. Alemao disse:

    Cara, eu paguei mó pau pro seu blog. Hoje em dia tá dificil achar blogs de qualidade😉

  3. Helena disse:

    A questão é que saindo ou não dos impostos, fato é que já seria um dinheiro da área da cultura. Sendo desse blog ou de qualquer outro projeto.

    E ter um projeto de vídeo de poesia com Bethania com uma produção digna seria maravilhoso, sim. Ela tem feito isso nos seus shows a muitos anos, mas os registros são muito precários. Bethania interpretando poesia é algo ímpar, e que poderia e deveria ser visto, desenvolvido. A questão é que a poesia ser um bem democrático é sempre um problema, porque as pessoas não a consideram como válida, porque não é útil. Da ordem da utilidade prática, eu diria.

    Pode ser feito, se for mambembe e não custar, sabe? Pode ser feito, mas o artista não tem que receber. Pode ser feito, mas se quiser grana tem que ir pro cinema cobrar ingresso, porque na internet é um desaforo. Pra quê poesia pra todo mundo? E logo em português, não é mesmo? E por aí vai. Países tão mais pobres que o nosso que custeiam o trabalho de arte, e aqui é esse mafuá. E, a partir daí, já xingam a mulher, uma senhora já, de tudo quanto é nome.

  4. Roberto disse:

    eu qeria um programa de radio antigo maria bethânia …

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s