A CRIAÇÃO DOS BLOGS

Hoje em dia, todo mundo tem um blog e temos a impressão que isso sempre existiu, mas quase ninguém se dá conta que essa história toda começou em algum lugar.

Jorn Barger

O pai de todos os blogueiros

No fim dos anos noventa, no século passado, mais precisamente em 1997, foi criado por Jorn Barger o primeiro blog da história o Robot Wisdom, o seu criador é esse aqui rapaz aí na foto do lado.

O que nos resta de sua seminal criação, é o Robot Wisdon Auxiliary. Um blog bem feio, com o layout digno dos mais tenebrosos blogs feitos pela Blogger. Ele além de ter criado o “first” blog, também é o cara que cunhou o termo Weblog.

No começo de 2000 a Blogger, introduziu o Permalink, que transformaria de vez a vida dos blogs, porque com isso, poderia chegar diretamente em um post, salvando uma URL para ele separadamente.
Pouco tempo depois seria criado por Hackers, os comentários, o que definiria de vez essa ferramenta altamente democrática que é o blog, pois pela primeira vez na humanidade, os leitores de algum meio de comunicação poderiam efetivamente opinar e ter seu espaço reconhecido. Apesar de algum blogs não terem comentários, o que é um contra-senso na realidade dos blogs.

Dave Winer

Seria ele a mãe de todos os blogueiros?

Uma outra figura extremamente importante nessa história toda é Dave Winer, criador do Scripting News, um blog tão feio quanto o do nosso amigo barbudão. Dave foi o primeiro blogueiro do mundo a usar o Feed, outra ferramente crucial para os blogs.
Parece ser uma constante esses blogs primevos serem feiosos.

Agora meu amigo blogueiro, pense em como foram importantes essas criações todas e como isso tudo mudou o mundo onde vivemos. Pense nisso tudo antes de escrever um post de merda, roubar conteúdos dos outros e não dar créditos ou apagar comentários só porque feriram a sua sensibilidade. Pensem…

Publicado em Buzinaço | 3 Comentários

THOMAS THWAITES – COMO MONTEI UMA TORRADEIRA DO ZERO

Precisa-se de uma geração inteira para montar uma torradeira. O designer Thomas Thwaites descobriu da maneira mais difícil, ao tentar construir uma do zero.
Uma parábola da nossa sociedade interligada, tanto para designer quanto para consumidores

Thomas teve a idéia para esse projeto, lendo o Guia do Mochileiros das Galáxias onde o protagonista percebe que sozinho, sem o resto da humanidade, ele não seria capaz nem de fazer um sanduíche, muito menos uma torradeira, daí veio a idéia para o Toaster Project.

Clique em View subtitles para colocar a legenda em português 

Sempre acreditamos que nossa sociedade é superior em relação as sociedades passadas, porém umas coisa que normalmente não nos damos conta, é que a maior parte das soluções criadas por nós só se aplica para resolver problemas criados por nós mesmos.
Lembrando daquela velha frase que dizia “O computador veio para resolver problemas que não tínhamos sem ele“, podemos repensar toda essa lógica insana.

É claro que não estou propondo neo-ludismos, inclusive sou um grande entusiasta tecnológico, a questão é que devemos rever as necessidades reais que temos e as necessidades que disseram que nós temos.
Ou vai me dizer que o desespero que bate quando seu celular descarrega é saudável?
Hoje em dia ninguém é capaz de marcar um encontro, sem que fiquem se ligando freneticamente, ninguém confia na capacidade do outro de chegar ao lugar combinado.

Mas é claro que toda essa tecnologia é incrível e fascinante, afinal de contas, o que seria do mundo sem a Internet, os aviões, os celulares, os laboratórios e as torradas?

Sempre acreditamos que nossa sociedade é superior em relação as sociedades passadas, porém umas coisa que normalmente não nos damos conta, é que a maior parte das soluções criadas por nós só se aplica para resolver problemas criados por nós mesmos.
Lembrando daquela velha frase que dizia “O computador veio para resolver problemas que não tínhamos sem ele”, podemos repensar toda essa lógica insana. 

É claro que não estou propondo neo-ludismos, inclusive sou um grande entusiasta tecnológico, a questão é que devemos rever as necessidades reais que temos e as necessidades que disseram que nós temos.Ou vai me dizer que o desespero que bate quando seu celular descarrega é saudável?
Hoje em dia ninguém é capaz de marcar um encontro, sem que fiquem se ligando freneticamente, ninguém confia na capacidade do outro de chegar ao lugar combinado.

Mas é claro que toda essa tecnologia é incrível e fascinante, afinal de contas, o que seria do mundo sem a Internet, os aviões, os celulares, os laboratórios e as torradas?

 

Sempre acreditamos que nossa sociedade é superior em relação as sociedades passadas, porém umas coisa que normalmente não nos damos conta, é que a maior parte das soluções criadas por nós só se aplica para resolver problemas criados por nós mesmos.
Lembrando daquela velha frase que dizia “O computador veio para resolver problemas que não tínhamos sem ele”, podemos repensar toda essa lógica insana. 

É claro que não estou propondo neo-ludismos, inclusive sou um grande entusiasta tecnológico, a questão é que devemos rever as necessidades reais que temos e as necessidades que disseram que nós temos.Ou vai me dizer que o desespero que bate quando seu celular descarrega é saudável?
Hoje em dia ninguém é capaz de marcar um encontro, sem que fiquem se ligando freneticamente, ninguém confia na capacidade do outro de chegar ao lugar combinado.

Mas é claro que toda essa tecnologia é incrível e fascinante, afinal de contas, o que seria do mundo sem a Internet, os aviões, os celulares, os laboratórios e as torradas?

 

Publicado em Buzinaço | 1 Comentário

O PENTÁGONO E AS REDES SOCIAIS

É isso mesmo, a Agência de Pesquisas Militares Avançadas dos EUA, o DARPA, ligada ao Pentágono, fez um estudo recente sobre a força das Redes Sociais.

PentágonoO Estudo consistiu em lançar dez balões atmosféricos da cor vermelha e distribuir um prêmio de 40 mil dólares para a primeira equipe que conseguisse informar a localização exata em Latitude e Longitude dos balões. O Objetivo do concurso era para aferir capacidade de colaboração e competição nas Redes Sociais.
Nas palavras de Norman Whitaker: “Nosso interesse não era a localização dos balões, mas as técnicas usadas pelas pessoas para chegarem aos resultados corretos“. Apesar de parecer um estudo muito bonito, a Agência não revelou os dados da Pesquisa, porque pretende utilizá-los em estratégias militares, é claro.

Mas como nem tudo está perdido, alguns dados foram apresentados pelos participantes do Estudo:

Interesse – Os participantes que agiram em interesse próprio, tiveram mais sucesso que as equipes caridosas, como a de Harvard, que pretendia doar o prêmio. Ou seja, pagar de Madre Teresa todo mundo quer, mas picas para a generosidade, vagabundo que mesmo é garantir o seu e ao que parece o povo vai atrás.

Força das Redes – Os cientistas do DARPA bolaram com a velocidade que a galera se mobilizou. Mas na boa, isso é papo de coroa. Qualquer punheteiro de 15 anos da Internet, já conhecia a capacidade de mobilização das Redes Sociais, vide o fenômeno dos Flash Mobs.

Objetivo Claro – Segundo Riley Crane, do MIT, existem três pré-requisitos para o sucesso da colaboração nas Redes Sociais. Objetivo Claro, custo zero e uma solução verificável.

Filtragem de Informações – Como malandragem não acontece só no gueto, as equipes participantes perceberam que havia uma onda de informações falsas por parte dos concorrentes, então as mais bem sucedidas criaram sistemas para combater a guerra de desinformação.

É bom ficar ligado que o bagulho é doido, o gato é preto e o bonde é da lua.
Vagabundo não está de bobeira, paranóias a parte, esse tipo de estudo já deixa a galera ligada em informação e tecnologia escaldada.

Para saber mais sobre o concurso, entre no site da DARPA que trata sobre isso:
DARPA Network Challenge

Publicado em Buzinaço | Deixe um comentário

SUPER MARIO BROS Z – EPS 01 E 02

Vocês conhecem Super Mario Bros Z?
Pois bem, eu também não conhecia, mas é uma das animações mais divertidas que ví nos últimos tempos.
Se você gosta de Mario Bros e gosta de Dragon Ball, simplesmente vai se deliciar com SMBZ. A animação feita em Flash de um Crossover fantástico com os personagens do Mario Bros e Sonic e com a estética totalmente inspirada em Dragonl Ball. Lutas em alta-velocidade, Raios de Energia, explosões, tudo que normalmente vemos em Dragol Ball, mas com o simpático Bigodudo da Nintendo e o Porco-Espinho da Sega. Esses serão os dois primeiros episódios. Agora chega de enrolação, vamos ao que interessa:

SUPER MARIO BROS Z

SUPER MARIO BROS Z – EP 01

SUPER MARIO BROS Z – EP 02

BÔNUS
Clique na imagem para ver a animação

Mario VS Sonic

Todos os créditos ao gênio criador:
Alvin-Earthworm
http://alvin-earthworm.deviantart.com
http://alvin-earthworm.newgrounds.com
Legendas:
Por Ph Tux da Comunidade Super Mario Bros. Z – Brasil

atch?v=ofkyK2bpBz8
Publicado em Buzinaço | Deixe um comentário

TWITTER LIFE

Vocês conhecem o  Kickbee? É um dispositivo que quando amarrado a cintura de uma grávida e o bebê chuta, ele envia uma mensagem para o Twitter: “I Kicked mommy really hard“.

Isso me fez pensar em como a internet e as novas tecnologias sempre acabam sendo usadas para o mal. No início haviam os blogs, uma ferramenta fantástica que possibilitou que todos pudessem se expressar, compartilhar informações e divulgar suas criações. Porém rapidamente blog se tornou sinônimo de “querido diário“, sendo usado basicamente para falar da própria vida. Nada contra uma pessoa querer fazer um diário, nem tenho contra expor esse diário, mas o problema é quando isso se torna doentio.

Hoje nós temos o Twitter, mais uma vez uma ferramenta fantástica que o mal levou para o Lado Negro. Porque diabos as pessoas dão bom dia pelo Twitter? Ou comentam sobre o suco de abacate que tomaram? Acredito já termos alcançado o ápice desse Twitter lifestyle. É claro que contar uma piada, comentar alguma coisa que aconteceu com você é válido, mas twittar a cada passo que der, beira o doentio, como se só fosse válido aquilo que é registrado na web.

Reportagem sobre o Kickbee

Publicado em Buzinaço | 4 Comentários

BAÚ DOS JOGOS – CONTRA

Baú dos Jogos

Para mostrar o espírito guerrilheiro do Buzina Diário, que hoje a coluna Baú dos Jogos vem homenagear um dos mais incríveis jogos de plataforma e tiro que já concebidos. Com certeza, sem ele, o mundo dos games seria outro. Bem mais fresco…

Lançado em 1987 pela Konami, Contra foi um dos jogos que mais influenciaram na construção do meu caráter. Sem dúvida nenhuma, se não tivesse perdido tardes jogando, eu seria um mariquinha que apanhava na escola. Mas com Contra eu aprendi que você deve destruir tudo que se move a parece ser uma ameaça. Foi com essa valiosa lição que passei grande parte da minha infância e adolescência suspenso por causa das brigas na escola.
Tá vendo aquele garoto novo esquito? Porrada nele! O vizinho que tem uma religião diferente? Porrada nele! O seu melhor amigo que te emprestou o video-game? Porrada nele!

Contra se passa no ano de 2633 e o objetivo é invadir o Quartel Genereal do exército Red Falcon e destruir tudo, absolutamente tudo, que atravessar seu caminho. Na pele de Bill Rizer ou Lance Bean, você deve percorrer os oito níveis do jogo, munido com as mais interessantes armas. Desde o mais singelo rifle até lança-chamas e atiradores de plasma giratórios.
Diferente muitos jogos feitos para NES, onde você atirava em Robôs, como Mega(gay)-Man, em Contra você matava outros soldados humanos e aliens. E se tem uma coisa que me deixa mais feliz em um jogo do que explodir a cabeça de alguém e explodir a cabeça de um Motherfucking Alien. Malditos alienígenas, vocês nunca são amigos, NUNCA!

Clique na imagem para jogar online

Publicado em Buzinaço | 1 Comentário

INTERNET ARCHIVE, A BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA MODERNA

Todos conhecem a Biblioteca de Alexandria, o maior depositório de conhecimento humano da Antiguidade, mas poucas pessoas conhecem o Internet Archive, considerado a versão moderna dessa biblioteca.

Criada em 1996, por Brewster Kahle, com o intuito de preservar todos os arquivos multimídas da World Wide Web. Softwares, vídeos, arquivos de áudio, todo que foi e está sendo produzido na internet está arquivado nessa imensa biblioteca virtual. E o mais impressionante, os sites também são arquivados na forma de “fotografias”, tiradas em momentos diferentes, sendo possível resgatar até páginas que já foram apagadas. Blogs antigos, páginas kit.net, cjb.net, é possível resgatar tudo, onde tive a felicidade de poder resgatar meu primeiro blog, de meados de 2003, que já havia sido apagado pela Blogger.
Clique na imagem e se aventure pelos arquivos da internet

Publicado em Buzinaço | Deixe um comentário